Dieta da USP

 é uma das dietas mais conhecidas e procuradas por homens e mulheres no Brasil que buscam emagrecer. Ainda que tenha o nome de Dieta da USP, nada garante qual seria a origem real desta dieta, que parece ter surgido na década de 1990. indiferentemente da dieta ter sido criada pelos especialistas em emagrecimento da Universidade de São Paulo ou não, a Dieta da USP é realmente uma método de emagrecimento rápido e funcional, que faz com que você consiga perder muito peso em pouco tempo. Outra grande vantagem da Dieta da USP é que com ela você não irá precisar investir muito dinheiro em pratos que são super elaborados e inacessíveis, ela trabalha com alimentos que qualquer um pode ter em casa.

Como funciona

Apesar de sua eficiência ser bastante garantida, antes de começar essa dieta é preciso ter em mente que ela não é exatamente uma escolha saudável. Por isso mesmo, não deve ser feita por mais de 15 dias seguindo, devendo ser intercalada com uma dieta normal, de baixa caloria, para que o corpo não sofra com complicações e problemas de saúde advindos da falta de ingestão de alimentos adequados para a manutenção do seu funcionamento ideal.

A base da dieta da USP é construída em cima do café, sempre sem açúcar, claro, ovos cozidos, presunto e também algumas ervas. Com seu cardápio bastante restritivo, essa dieta promete que você irá conseguir perder pelo menos 1 kg por dia.

Além do problema do cardápio ser restritivo, é importante notar que, se mantida por muito tempo, dietas altamente restritivas fazem com que você deixe de perder peso e que você volte a engordar ao menor descuido, tendo em vista que seu corpo acaba pensando que você está passando por uma privação, e irá buscar acumular quaisquer calorias que tiver oportunidade.

No entanto, em caso de emergência, 15 dias dessa dieta é uma solução rápida para emagrecer.

Conheça os benefícios do óleo de cártamo

O óleo de cártamo tem ganhado destaque atualmente pelas pesquisar apontarem grandes benefícios à saúde quando usado como suplemento. O Cártamo é uma plantinha, parente do girassol, nativa do Oriente Médio e cultivada na Europa e Estados Unidos. O óleo de cartamo é utilizado em muitos suplementos para perda de peso, igual o Fit Red

O óleo de cártamo é rico em ômega 6 (ácido linoleico), podendo conter até 70% do quanto o organismo necessita deste ácido graxo por dia. Este ácido graxo poli-insaturado é essencial para o organismo, mas não é produzido por ele e auxilia na cicatrização, evita a queda de imunidade, atenua queda de cabelo e aumenta queima de gordura corporal.

Cerca de 30% do alimento é composto por ômega 9. Esta gordura é monoinsaturada e ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares, derrames, tem ação anti-inflamatória e contribui para aumentar os níveis do colesterol bom, HDL, e diminuir o ruim, LDL.

 

Outros benefícios:

 

  •       * Reduz o apetite, poisaumenta a produção de leptina, hormônio que causa a sensação de saciedade.

  •       * Previne o envelhecimento:tem ação antioxidante por ser rico em vitamina E, que combate os radicais livres.

  •       * Possuipropriedades anti-inflamatórias que ajudam a diminuir a retenção de líquido.

  •        * Auxilia na redução do LDL (mau colesterol).

Procure sempre um profissional de nutrição para te orientar sobre as doses diárias e formas de ingestão.

Fonte: http://g1.globo.com/mg/zona-da-mata/blog/casal-fit-no-g1-zona-da-mata/post/conheca-os-beneficios-do-oleo-de-cartamo.html

Ambiente Sustentabilidade

Até o ano de 2030, viverão na terra 8,3 bilhões de pessoas. Dados apontam ainda que a produção de cereais vá ter que ser 30% maior para alcançar um mínimo para o consumo que virá. Se pensarmos que agricultura é responsável direta por mais de um oitavo da produção de gases de Efeito Estufa, já se pode antever que nossos problemas estão aumentando proporcionalmente a passagem do tempo e ao aumento populacional. Por isto, falar de Ambiente e Sustentabilidade é importante para que se possa chegar a uma solução para a manutenção da qualidade de vida na terra, então é de extrema importância que a natureza aprenda a fazer falta para os seres humanos darem valor a ela. Nos tempos que virão precisaremos de muita comida mas o ser humano já causou a degradação de um total de terras equivalente ao Canadá e EUA juntos.

 

Ambiente Sustentabilidade

Terras que foram produtivas e que agora são inertes. E mais de 6 milhões de pessoas dependem hoje dos alimentos cultivados em apenas 11% de superfície terrestre, então a preocupação com a Sustentabilidade Ambiental. Os países mais problemáticos do mundo são os que geralmente sofrem com superpopulação e elevados indicadores de má qualidade ambiental. Estes países sofrem com falta de terras produtivas, com a falta de Água potável e com a insalubridade das condições de vida. Pode-se observar que são países que têm seus recursos naturais esgotados. Em muitos casos as guerras são uma forma de os regimes autocráticos desses países desviar a atenção da população da impossibilidade de um ambiente de sustentabilidade e do desvio do dinheiro que poderia criar formas de alcançá-la. Outro problema referente ao ambiente e a Sustentabilidade mundial, é o desmatamento.

 

Ambiente Sustentabilidade Urbana

 

Mais da metade das florestas do mundo foram destruídas nos últimos milhares de anos e este processo vem se acelerando. Junto das derrubadas, vem os posseiros com suas criações e plantações que destroem o solo escuro e fértil onde muitas vezes escondem-se nascentes de água potável. E as nascentes, uma vez destruídas não voltam a aflorar. O Brasil é ainda um dos países mais privilegiados do mundo em termos de ambiente e sustentabilidade. Mas o caminho que trilhamos não nos isenta de um futuro como o da tão desenvolvida, moderna e invejada China que tem os piores índices de Poluição do mundo e os menores índices de arborização. E se você se preocupa com ambiente e sustentabilidade saiba que esta é a hora de forçar empresas e entidades de governo a adotar planos mais concretos para proteger nosso solo, nossos recursos hídricos, florestas e ar.

 

Desenvolvimento Ambiente Sustentabilidade

Recentemente um instituto de pesquisa e debate para empresários revelou que os anos de 2008 e 2009 são anos em que o marketing ambiental é de extrema necessidade para conquistar os consumidores. Se você analisar, estas pessoas não estão fazendo um trabalho de modificação de seus conceitos empresariais e sim fazendo propaganda enganosa para convencer o público de seu engajamento. Portanto faça sua parte pelo ambiente e a sustentabilidade, diga não ao que for contra medidas de Preservação.

Saneamento no Brasil

 

Há duas maneiras de avaliar o Saneamento no Brasil. Numa visão macro, se poderia colocar o Brasil diante de outros países do mundo. Nestes termos o Brasil não estaria infinitamente atrás na cadeia mundial de Saneamento Básico. Para um país de tamanhas proporções não se pode dizer que nossa situação é periclitante. Se comparados a Índia, por exemplo, que abriga o que há de pior em Saneamento mundial com uma das maiores densidades populacionais do mundo, nosso país está muitas etapas à frente. Para você ter noção, uma das maiores favelas da capital do Haiti está assentada sobre um lixão a céu aberto. E muitos governantes da África não têm sequer noção de como começar o trabalho de saneamento em seus países.

Portanto, se sua maneira ver as coisas for num âmbito mais contido, o saneamento no Brasil, apesar de ter problemas, não é dos piores do mundo. Não critique o nível das comparações, todos estes países foram colonizados como o nosso. A verdade é que o saneamento no Brasil tem avançado muito nos últimos anos. As inúmeras tentativas de levar água potável à maioria da população têm conseguido alcançar muita gente, na verdade mais de 97% da população conforme dados do IBGE, e apesar de ainda travarmos uma grande luta contra disenteria, dengue, hepatite e outras doenças; há em nosso país grande preocupação por parte do poder público, em sanar definitivamente estes problemas. Sabe-se que o nordeste é ainda o ponto fraco na área de saneamento no Brasil, mas espera-se para os próximos anos que alguns dos tantos projetos de ajuda à região saiam do papel.

Os dois maiores problemas na área de saneamento no Brasil ainda são a falta de tratamento na rede de esgotos e a adequada alocação do lixo. A maioria das pequenas e médias cidades de nosso país não tem verba suficiente para projetos de tratamentos de esgotos que costumam levantar milhões de reais dos cofres públicos. Na realidade há certa negligência na área de projetos e de alocação de verbas junto aos governos estaduais e federal. Mas em se tratando de saneamento no Brasil o lixo é nosso maior percalço ambiental. A produção de lixo por pessoa no país é enorme e a maioria dos aterros fica a céu aberto e não recebem qualquer tipo de controle quantitativo e qualitativo.

 

Apesar de a Reciclagem de Lixo vir contribuindo para a melhora do saneamento no Brasil, a quantidade de lixo reciclado não passa de uma gota em um oceano e o Meio Ambiente se degrada a cada dia. No entanto, as administrações municipais estão tomando para si a responsabilidade com o saneamento, implantando projetos de regulamentação de lixo, controle de infestações e doenças, manutenção da drenagem de Água e monitoramento das estruturas de saneamento de empresas locais. O Brasil pode não servir de exemplo para alguns países, mas vem investindo em programas de melhoria e cabe a cada brasileiro saber o que é saneamento comprometer-se com o futuro.

Benefícios do suco de laranja!

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que todas as pessoas devem ingerir mais de 400 gramas de frutas, verduras e legumes diariamente.

A ingestão de frutas está fortemente relacionada à redução do risco de doenças crônicas, principalmente cardiovasculares, e o suco de laranja contém as substâncias da fruta que são benéficas à saúde.

O consumo de suco de laranja não dispensa tratamentos médicos e a adoção de uma dieta equilibrada. Entretanto, o suco de laranja é rico em vitamina C, duas vitaminas do complexo B (folato ou ácido fólico e tiamina), beta-caroteno, fibras, potássio e flavonóides.

Vitamina C

A vitamina C torna o organismo mais resistente às infecções, possui propriedades cicatrizantes, auxilia o organismo a absorver o ferro de outros alimentos, combater estresses e alergias, diminuir as taxas de colesterol e o risco de alguns tipos de câncer.

Flavonóides

Os flavonóides são substâncias atuam como anti-oxidantes e podem diminuir o LDL (colesterol ruim) e aumentar o HDL (colesterol bom). Além disso, pesquisas recentes mostraram influência positiva dos flavonóides no metabolismo de lipídios.

Beta-caroteno

O beta-caroteno, por sua vez, possui alto poder antioxidante e contribui para a prevenção de câncer, infarto e outras doenças.

Potássio

O potássio é importante para o funcionamento dos nervos e alguns estudos mostram que ajuda a reduzir o risco de hipertensão.

Fibras

A ingestão de fibras proporciona diversos benefícios, entre eles a redução do colesterol total e triglicerídeos, aumento da sensação de saciedade, melhora no funcionamento intestinal e prevenção de doenças como diverticulite e câncer de cólon.

Prevenção de cálculos renais

Segundo pesquisadores do UT Southwestern Medical Center, a ingestão diária de um copo de suco de laranja pode prevenir a recorrência de cálculos renais de maneira mais efetiva que outros sucos de frutas cítricas. Esse estudo foi publicado no Clinical Journal of the American Society of Nephrology, e mostrou que nem todos os sucos de frutas cítricas ajudam a prevenir a formação de cálculos renais da mesma forma.

O citrato de potássio é um dos medicamentos indicados para o tratamento, entretanto alguns pacientes podem não tolerar os efeitos colaterais do mesmo, e nesse caso é recomendado incluir na dieta alimentos ricos em citrato, como o suco de laranja.

Exercícios físicos e suco de laranja

A pesquisadora Nancy Preising Bonifácio, em suas teses de mestrado e doutorado realizadas na Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNESP-Araraquara (SP) sob orientação da Profa Dra. Thais Borges César, concluiu que o suco de laranja associado a exercícios físicos pode ser aliado na prevenção de doenças cardiovasculares, entre outros benefícios.

A pesquisa de mestrado mostrou que mulheres que ingeriram 500ml de suco de laranja antes dos exercícios tiveram uma menor concentração de ácido lático no sangue comparado ao grupo que não ingeriu o suco. Isso significa que o grupo que ingeriu suco apresentou menor fadiga corporal. Além disso, essas mulheres tiveram um aumento de 18% no colesterol bom e redução de 15% no colesterol ruim.

No caso dos homens, a pesquisa de doutorado mostrou que também houve redução nos níveis de colesterol total e LDL (o colesterol ruim).

Estudos realizados na Universidade de Harvard também mostraram que o consumo de um copo diário de suco de laranja favorece a redução do mau colesterol e aumento do bom.

Fraldas Descartáveis!! Vilãs do meio ambiente!!

Os dados variam de um site a outro, mas os números são sempre impressionantes. As fraldas descartáveis já fazem parte da rotina de mães e bebês há muito tempo.

Um pouco da história…

Inventadas lá por volta dos anos 40, na Suécia, foram uma resposta à escassez dos tecidos de algodão em virtude da Guerra. Na mesma época, uma dona de casa americana reaproveitou os restos da cortina de plástico do box e cortou uma capa para proteger a fralda dos vazamentos. Juntaram-se os dois inventos e a fralda descartável nasceu. Saudada com entusiasmos por mães ocupadas com coisas mais essenciais que tanque e sabão, invadiram o mercado rapidamente, nos países desenvolvidos.

No Brasil se popularizaram mais tarde, por conta da pouca oferta e dos preços altos.

Houve época em que se comprava fraldas no Paraguai, imaginem só!

Indiscutivelmente práticas, confortáveis para o bebê e muito cheirosinhas, as fraldas descartáveis são mais um grave problema de descarte nos lixões das cidades. Não parece, mas os números confirmam o tamanho do impacto:

 

De acordo com o site BabySlings:

– Uma criança usa aproximadamente 5.500 fraldas nos primeiros seus 2 anos de vida.

– É preciso abater 5 árvores para produzir 5.500 fraldas.

– 1 bilhão de árvores são abatidas, no mundo, para a produção de fraldas.

– 2% de todo lixo recolhido corresponde a fraldas.

– Fraldas levam 450 anos para se decompor.

Só esses dados já são suficientes para se ponderar a respeito da escolha por fraldas descartáveis em vez das tradicionais, de pano, porém há ainda o risco de contaminação proveniente dos detritos de fezes humanas que escoaram pelo solo, já que poucos são os pais ou cuidadores de bebês que despejam os detritos no vaso sanitário antes de jogar a fralda fora.

Alguns ambientalistas alertam para o fato de que os detritos dos bebês carregam também resíduos de vacinas com vírus vivo, habituais na rotina de prevenção de doenças infantis.

Como a fralda é jogada no lixo doméstico ela vai parar no lixão mesmo.

Na Inglaterra a empresa Knowaste se especializou em reciclar fraldas infantis e de idosos e também os absorventes femininos. Segundo o site da empresa, ela é pioneira em reciclagem desses produtos impedindo que sejam jogados nos lixões ou incinerados, o que também causaria graves danos ao ambiente. Os resíduos são transformados em plástico e em energia limpa.

 

No Brasil, enquanto a indústria não nos oferece algo do gênero, poderíamos, quem sabe, pensar em fraldas de pano em substituição, ao menos parcialmente, das descartáveis?

 

A esse respeito, vale a pena ler a coluna “Salve Jorge” da Ana Carolina Carvalho que, grávida do primeiro filho, vai reportando suas descobertas de artigos ecológicos para bebês.

Não é fácil, na vida atribulada que levamos, abrir mão da praticidade que todo o artigo descartável nos traz. Posso bem imaginar a situação de famílias com 2 ou 3 crianças ainda na fase incontinente, em que mãe e pai trabalham fora. Pensar em gastar horas e horas ocupando-se da limpeza e higienização das fraldas de pano parece loucura, porém, visto sob outro ângulo, estamos ou não preocupados com o planeta que vamos entregar aos nossos filhos?

Vamos seguir contribuindo para a contaminação dos lençóis freáticos, para o acúmulo de plástico não degradável nos lixões, para aquela massa de algodão compactado que passará anos até ser decomposta?

A mesma geração de jovens mães que hoje em dia planeja seu parto de cócoras, na água ou em casa, com parteira, deve seguramente se colocar o problema. Há esperança de que essas futuras mamães já estejam dispostas a criar os seus bebês verdes em um mundo mais limpo.

Crédito do Vídeo: Morada da Floresta

Ninho de Beija-Flor na árvore de casa!!

 

Gente, estou muito contente, após ter voltado do meu curso de como abrir uma loterica eu olhei para cima do meu telhado um lindo beija-flor escolheu minha casa para fazer ninho. Ele está com ninho na árvore do quintal. Pelo que deu para ver, contei um filhotinho só. E é claro que dei de presente para ele 2 bebedouros lindos com nectar para beija-flores. Sou super contra açúcar ou mel misturados em água para beija-flores, mas néctar pronto pode usar sem problemas, em quantidades como diz as instruções no rótulo.

Claro que nada substitui as flores, lindas flores, mas como eu adoro vê-lo sempre por perto, não há problema em dar de beber algo próximo do ninho, para ficar mais perto do filhote. Aqui vão algumas fotos do meu procedimento para colocar o nectar no bebedouro. Clique em cada foto para ampliar.

Tenha um bebedouro em mãos, abra-o, coloque 2 colheres de sopa de nectar em pó da Alcon no filtro de plástico, encha de água deixando vazio uns 2 dedos na horizontal igual da foto 7, misture bem para dissolver o pó até ficar dessa cor rosa, e tampe e vire o bebedouro rapidamente para não vazar nectar pelas flores. Vá em um local que não bata sol, porque como é açucar, evapora fácil se ficar embaixo do sol o dia todo. Coloque o bebedouro pendurado e pronto. Lembre-se!! a cada semana lavar bem e com cuidado os bebedouros com água sanitária, para desinfetar e matar as bactérias que se proliferam nos furinhos das flores de plástico. Fazendo assim, seu beija-flor terá saúde e virá lhe visitar sempre.

Não sei de dá para ver bem, mas tentei tirar a foto do ninho com zoom da câmera, não ficou muito nítido, mas é assim que está na árvore. Parece tão frágil, mas já choveu forte esses dias, ventou, e está lá intacto com o filhote dentro!!

Enfim o beija-flor fica direto protegendo os 2 bebedouros. Já recebi visitas de vários passarinhos ao bebedouro, e se o beija-flor estiver perto ele briga, e sai bicando todos que chegarem perto, é muito engraçado. Os bem-te-vis nunca mais passaram pelo quintal para cantar no muro, depois que o beija-flor fez seu ninho próximo. hahahah

É cômico, porque ele toma posse dos bebedouros, e o quintal passa a ser seu território. Um dos bebedouros só coloquei água natural, para os outros passarinhos virem tomar. Consigo ter a  visão nítida do beija-flor filhote pela janela da cozinha. Sempre dou umas espiadas, e vejo a cabecinha dele procurando olhar quem está atrás da janela. O beija-flor já se acostumou com humanos passando do quintal para a cozinha, as vezes ele senta no varal, e fica parado ali, observando, enquanto eu fico a poucos metros de distância sentada na cadeira olhando ele. É lindo demais. Meu gato já tentou subir no muro e pegar o ninho, ainda bem que o vimos a tempo. Se der mole, o gato pega sem dó!! Mas enquanto eu estiver por perto, vou impedir! ^^

 

Não há como não ficar encantado com as aparições do beija-flor. Veloz, chega como se fosse um raio. Com as asas rápidas, quase imperceptíveis, estaciona no ar. “Beija” uma flor com precisão e suavidade. Repentinamente, desloca-se até outra. Instantes depois já não está mais, mas o encanto daquele momento permanece.

 

Onde o Beija-flor se encontra??

Pode-se observar beija-flores apenas na América do Sul, do Norte e Central. “Das cerca de 320 espécies existentes, a maioria se concentra na América do Sul e quase a metade é encontrada no Brasil”, explica Christian Dalgas Frisch, após dedicar-se oito anos a observá-los juntamente com o pai, o prestigiado ornitólogo Johan Dalgas Frisch. Do trabalho resultou o livro Jardim dos Beija-flores, aclamado internacionalmente.

A menor ave brasileira!!

O beija-flor chama a atenção a começar pelo pequeno tamanho. No livro dos recordes Guiness, é citado como menor ave brasileira. A variedade Calliplox amethystina, encontrada no Espírito Santo, tem o tamanho do dedo mindinho de um adulto ( 6,5 centímetros incluindo bico e cauda e peso entre 1,5 e 2,8 gramas). Outro, a abelha (Mellisuga helenae), do Caribe, é a menor ave do mundo segundo o Guiness – com apenas 5,7 centímetros e 1,6 gramas.

O mais veloz!!

Admirável é o desempenho dessa ave no ar. Sua exclusiva articulação “solta” lhe permite desviar o vôo em qualquer ângulo; voar de cabeça para baixo; dar marcha a ré e não ir para a frente nem para trás, girando as asas em forma de oito. O beija-flor de chifres (Heliactin cornuta), do Espírito Santo, de Minas Gerais e Goiás, detém, de acordo com o Guiness, o recorde de velocidade em batimento de asas: 90 vezes num único segundo. Mesmo a média dos demais beija-flores, de 60, é impressionante. Tente agitar o dedo nessa velocidade: não dá para chegar nem perto.

Comilão!

Tudo isso precisa de muita energia e comida. Ótimo, para quem quer atraí-lo e mantê-lo por perto. Ele necessita sustentar músculos que pesam de um quarto a um terço do corpo – cerca de 50% a mais que as outras aves – , e um coração que palpita 480 vezes por minuto, em descanso, e estonteantes 1.260 em movimento. Resultado: um apetite voraz que o faz “beijar” mais de mil flores por dia para obter 6.660 calorias. Mas o consumo pode dobrar. No frio, por exemplo, para manter a temperatura normal do corpo em torno de 40 a 42°C. “Uma grama de beija-flor gasta num dia as calorias usadas em um mês, por um grama de elefante”.

Ilustra o professor titular de fisiologia do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, José Eduardo Bicudo. Até a digestão colabora. É a ave que mais assimila o que come: aproveita quase todo o açúcar do néctar e digere os insetos em menos de dez minutos. Não dá para falar dessa ave sem lembrar das flores, em especial as que desenvolveram um formato alongado em função dos próprios beija-flores (veja quadro Flores Atraentes). O néctar praticamente só é acessível aos bicos compridos deles e tem uma concentração de açúcar boa para eles ( 15 a 25%), mas fraca para as abelhas (buscam de 70 a 80%). Suas cores são as que eles melhor percebem. “Preferem as vermelhas, amarelas, alaranjadas, brancas e azuis, nessa ordem”, ensina Christian. Quase nunca são perfumadas, já que o olfato deles é fraco. Para evitar perfuração por predadores de bico curto que querem “roubar” o néctar, têm base reforçada e pétalas espessas. Curiosamente, entre esses predadores estão algumas espécies de beija-flores de bico curto.

 

Complemento das flores!

Os beija-flores são também atraídos por flores de outras numerosas plantas, além das mencionadas. Ao sorver o néctar, promovem a polinização – deslocam o pólen do órgão masculino da flor até o órgão feminino dela, fecundando-a . Cinco segundos bastam. A língua, oca no centro, funciona como um canudo e dá velocidade à aspiração. Junto com o néctar, ingerem insetos. Em outras oportunidades, caçam esse alimento rico em proteínas.

Nome popular: Beija-flor ou Colibri.

Tamanho: 16 cm

Hábitos Alimentares: Néctar de flores e pequenos insetos

Características: Os beija-flores apresentam bicos longos e tubulares que facilitam a absorção do néctar, que é sua principal fonte de alimentos, e os torna importantes polinizadores.. A característica mais marcante dos beija-flores é que eles podem voar em ponto fixo, pairando no ar.

Comportamento: É uma espécie solitária da mata virgem e secundária. Visita freqüentemente as flores de bromélias, cactus e lequinosas. A dança nupcial é rica de movimentos e sons. Ao exibir a plumagem, o macho rodeia a fêmea em pleno vôo, chegando bem perto e abrindo a cauda em leque.

Ninhada do beija-flor cabe numa colher de chá!!!

O beija-flor é a menor ave da natureza. É tão leve que pode se empoleirar em uma simples folha de capim. Seus ovos não são maiores que uma ervilha de tamanho médio. Os filhotes, logo que nascem, são menores que um gafanhoto comum. Uma ninhada cabe inteira dentro de uma colher das de chá.

CURIOSIDADES!!!

Você sabia que um beija-flor bate as asas de 50 a 80 vezes por segundo?

Seu coração chega a atingir 1800 batidas por segundo. E para dormir, ele pousa em um galho e entra em estado de torpor, reduzindo seu batimento cardíaco para apenas 30 vezes por minuto!

Cuidados!!

Se você gosta de deixar recipientes com néctar para atrair beija-flores, é fundamental lavá-los com água sanitária pelo menos uma vez por semana, para eliminar os fungos e bactérias que se acumulam. Se você não fizer isso, as bactérias passam para a língua do pequeno pássaro, e ela acaba inchando, matando o beija-flor asfixiado.

 

Saiba mais sobre beija-flores. O livro “O Jardim dos Beija-Flores”, de Christian Frisch, fala destes pássaros incríveis, é ricamente ilustrado com fotografias e acompanha um tape educativo sobre as plantas que os atraem.

Esperem ter gostado da matéria! beijos!

 

Seja Bem Vindo

Olá amiguinhos e amiguinhas amante da Natureza, tudo bem com vocês??

Vim aqui para dar a vocês uma boas vindas, gostaria de agradecer vocês de estarem acessando meu site, fico muito feliz com isso e espero que vocês gostem de nosso site e se divirta com as ótimas dicas e curiosidade que temos para vocês. Se você não gosta de natureza e acessou o site por engano, eu quero lhe convidar e pedir que fique e com certeza você irá começar a amar a natureza, pois nossa natureza tem muitas coisas interessante que você desconhece e isso que faz nós ama-la. Meu nome é Linda Santos, sou formado em Gestão Ambiental e sou amante da natureza e vou te guiar nessa linda estrada de conhecimento, trazendo artigos semanalmente ou de 15 em 15 dias, mas irei te manter atualizados, fiquem tranquilos que em caso de mudanças eu irei informar aqui mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou opinião me mande uma mensagem em nosso formulário de contato, pois será o maior prazer te responder.

Seja bem vindo novamente e fique conosco em nossa caminhada que você se tornará um amante da natureza assim como eu. Obrigado novamente, sem vocês este site não existiriam.